Clareamento dental: 10 mitos e verdades que você precisa saber

A cor dos dentes é uma questão que incomoda muitas pessoas. Afinal, quem não quer sorrir e mostrar uma saúde bucal exemplar? Sem aquelas manchas ou amarelados que interferem na autoestima?

Com o passar dos anos, é natural que certos hábitos e o consumo de alguns alimentos impactam na tonalidade dos dentes. Por isso, o clareamento dental tornou-se um procedimento muito procurado.

 

Mas é preciso tomar cuidado com as informações que circulam na Internet e, nem sempre, são reais. Então, para facilitar, preste atenção nestes 10 mitos ou verdades sobre o clareamento dental!

1- Qualquer pessoa pode fazer clareamento dental?

Mito! Gestantes e lactantes, pacientes com sensibilidade dentária, condições pré-cancerígenas e irritação gengival severa, pessoas menores de 15 anos, entre outros, não podem se submeter ao procedimento.

2- O clareamento é só um procedimento estético?

Mito! Ainda que muitos o procurem na conquista por um sorriso bonito, o tratamento pode ser recomendado em casos de procedimentos que modificam a cor ou luminosidade original. Assim, o branqueamento é uma opção para harmonizar a tonalidade de todos os dentes.

3- É necessário evitar certos alimentos após o tratamento?

Verdade! No decorrer do clareamento, é fundamental não consumir certos alimentos em excesso, principalmente aqueles com coloração forte. Entre eles, refrigerantes, chocolate, beterraba, vinho tinto e café. E nada também de bebidas alcoólicas com pigmentação e cigarro.

4- O clareamento prejudica o esmalte dos dentes?

MITO! Não importa a qual procedimento você se submeta em consultório, o dentista jamais utilizará algo que ocasione danos à estrutura do dente. O que acontece, na verdade, é apenas a remoção da pigmentação que resulta na cor escura.

5- O procedimento pode durar anos?

DEPENDE! Essa questão, acima de tudo, irá variar de acordo com o comprometimento do paciente. Se houver a ingestão, repetidamente, de alimentos, bebidas, medicações e outras substâncias que pigmentem os dentes, podem aparecer novas manchas.

6- O clareamento realizado em consultório tem resultado melhor?

PARCIALMENTE VERDADE! O clareamento caseiro costuma apresentar um efeito imediato, mas é o tratamento em consultório que resultará em diferenças mais rápidas pela utilização de um agente com alta concentração.

7- A sensibilidade nos dentes é sentida por quem passa pelo tratamento?

MITO! É possível que o paciente sinta um aumento da sensibilidade ao frio, durante o clareamento. Mas o gel utilizado nos tratamentos possui agentes que amenizam esse desconforto! Em caso de sensibilidade ao longo do processo, os profissionais podem fazer uso de pastas dentárias específicas, fluorterapia, entre outros.

8- O sorriso fica bem branco com o clareamento?

DEPENDE! Existem dentes brancos, amarelos ou cinzas, de acordo com especialistas do Conselho Federal de Odontologia. É importante entender que esse procedimento tem a finalidade de deixá-los mais claros, sem alterar a cor original.

9- As restaurações já existentes são alteradas pelo procedimento?

MITO! Os agentes clareadores utilizados não interferem na coloração das restaurações. Até por conta disso existe o risco de alguns dentes ficarem mais escuros que os demais. A orientação, para evitar isso, é conversar com o profissional sobre as melhores opções parao seu caso.

10- Produtos abrasivos clareiam os dentes?

MITO! Em consultório, certos produtos abrasivos são utilizados para polir o esmalte, o que não resulta em clareamento, por mais que elimine manchas mais superficiais e evidentes. É preciso ter atenção com cremes dentais, supostamente, clareadores. Isso porque costumam desgastar esmalte quando usados frequentemente, expondo a parte interna, cuja cor é amarela. Então, você não terá o resultado esperado!

Agora que já compreendeu melhor o procedimento, entre em contato com a nossa equipe e agende uma avaliação. Assim, poderá esclarecer outras dúvidas e encontrar o tratamento ideal para o seu caso!

Related Post

Publicado por


Comentários no Facebook